quarta-feira, janeiro 20

(Maravilhoso Mundo Stephen King) Fúria

Fúria
Stephen King
Drama, Suspense 
Editora Francisco Alves

Sinopse
Fúria (Rage, no original em inglês), foi escrito por Stephen King em 1966, mas somente publicado em 1977, depois de Carrie (1974), sob o pseudônimo de Richard Bachman.O livro conta a história de um aluno que, armado, torna reféns professores e colegas.O livro causou certa polêmica nos Estados Unidos depois que alguns jovens seguiram o exemplo do personagem e transformaram suas escolas num verdadeiro inferno. Eles confessaram haver lido o livro Rage e se inspirado nele para cometer os seus delitos. Stephen King tirou o livro de circulação e, hoje, Rage se tornou um dos livros mais raros do autor de inúmeros bestsellers.
Neste livro King narra a história de Charlie Decker, um estudante secundário de uma pequena cidade chamada Placerville, no Maine. Após ser expulso de seu colégio, armado com uma pistola que pertence ao seu pai, ele volta ao colégio mata sua professora e mantém seus colegas como reféns. Charlie e seus colegas começam a partir daí um jogo perverso onde cada um colocará perante todos suas raivas mais intensas. Raivas contra o sistema educativo, contra as desigualdades sociai
s, contra a sociedade, contra o inevitável em suas jovens vidas.

Olá pessoal, todos vocês sabem que amo de paixão o Mestre King, tanto que estou lendo toda a sua obra na sequencia de publicação, mas sempre vai ter aquele livro que não te pega, e nessa resenha vou falar de um que não consegui me pegar.

Fúria é o verdadeiro primeiro livro de Stephen King, e como tal é bem imaturo, mas tem mais uma coisa que pode ter contribuído para o baixo desempenho do livro (claro, baixo na minha opinião), que foi as várias alterações que diversas pessoas da editora para quem King havia oferecido a obra, e no fim, a obra não ser aceita.

Depois de anos Stephen ofereceu para outra editora, onde finalmente foi publicado sob o pseudônimo Richard Bacman, por que isso? Leia a biografia incrível da DarkSide que você vai saber. Vamos à resenha?
O livro conta a história de Charlie Decker que mata a professora e faz os alunos de sua classe reféns durante horas, e nesse tempo Charlie propõe um jogo em que todos devem contar seus segredos sombrios, e assim vai entre uma confissão e outra, temos a morte de mais um professor, Charlie discutindo com autoridades tanto educacionais quanto policiais até o clímax mais bizarro que já vi.

O problema é que tudo é irreal demais, o único aluno que tem uma reação normal a situação em que eles se encontram é Ted Jones, a quem King tenta a qualquer custo transformar em vilão, sem muito sucesso por sinal. Os outros acham que Charlie está certo e é assim mesmo que devia ser, são uma coleção de desajustados.

King já sabia desenvolver ótimas personalidade desde seu primeiro livro, explorando muito bem o psicológico de seus personagens. As motivações de Charlie são bem plausíveis para um adolescente, aquela rebeldia sem sentido, pessoas que não sabem lidar com as barreiras que a vida lhe impõem como se o motivo de suas frustrações estivessem nos outros e não nele mesmo. Os outros alunos, cada um tem suas próprias frustrações e as carregam escondidas dentro de si a espera de um herói que os salvem dos adultos malvados, e quando Charlie faz isso, mesmo com o horror inicial acabam torcendo por ele, exceto Ted Jones. Talvez se ainda fosse uma adolescente, tivesse aceitado melhor a história.

A leitura, apesar da história fraca e forçada, é boa, e a todo momento eu torcia para um sniper acabasse com Charlie, até o final do livro, se isso acontece? Não vou falar, leia o livro por sua conta, ele é bem curtinho.

Esse livro foi escrito por King em uma época em que ele estava revoltado, participava muito de movimentos estudantis e ainda por cima as drogas já começavam a dar trabalho, e eu acho que ele colocou muito disso no livro, uma violência sem sentido, quase algo que ele mesmo gostaria de ter feito, para combater as 'injustiças' dentro da sala de aula, um típico pensamento adolescente que sempre se acha injustiçado de alguma forma, mas King se arrependeu amargamente de ter escrito e posteriormente de ter insistido tanto para publica-lo, esse livro acabou sendo proibido pelo próprio autor, que hoje milita contra armas nos USA.

Bom gente, o livro é muito antigo e não é tão fácil de achar, mas que quiser arriscar recomendo para quem já conhece King e quer ler toda a sua obra (como eu), se você não quer, não se importe em pega-lo. Agora se você não conhece o King, acho melhor ler outros livros dele antes, como Carrie que é maravilhoso demais e o que lançou o autor.



32 comentários:

  1. Olá Daniele!
    Tenho muita curiosidade de ler esse livro. Espero um dia encontra-lo a venda. Pela a sua resenha não irei gostar muito, mas como fã do King quero ler mesmo assim rs
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem difícil mesmo, ele é bem raro, mas quem sabe a Suma não republica ele ou O Livro Bachman que tem a compilação dos livros que o King escreveu com o pseudônimo né?

      Excluir
  2. Oi!!!

    Sabe que eu fiquei bem curiosa exatamente por, pelo que entendi, ser uma escrita mais imatura e manos complicada? Pois em geral acho os livros dele meio enrolados...

    Gostei da sua resenha, pena que seja difícil encontrar o livro, mas vou continuar tentando, fiquei bem interessada!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu não tenho coragem de ler livro desse autor...
    Sinceramente, não gostei da forma como o autor abordou. Ainda bem que ele proibiu a venda se se arrependeu ter insistido a publicação.
    beijos e até mais
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  4. Adoro livros que envolvam polêmica.
    Mas esse não me pareceu ser um bom exemplo. Acho que muitos de fato podem ser influenciados. Realmente não conhecia e percebe-se pelo tom da sua resenha que é um livro de um homem instável.
    Ótima resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas ele amadurece muito até o lançamento de Carrie, que é maravilhoso e eu recomendo para todos, melhor livro de bulling que já li.

      Excluir
  5. Oiiie,

    Vejo muitos pessoas falarem de King, e até agora nenhuma obra dele me chamou atenção e me fez querer ler. Ainda bem que ele teve a consciência e mandou proibir rs Quem sabe algum dia esse meu "medo" (digamos) de ler a obra dele passe.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Já ouvi falar muito bem do King, mas ainda não li nenhum livro dele não sei bem o porque mas ainda não comprei nenhuma obra e também não tenho nenhuma em minha listinha... A sua resenha me deixou bem curiosa mesmo você não tendo gostado muito do livro, acho que o fato dele ter proibido a obra atiçou minha curiosidade mais ainda hehe
    Vou adiciona-lo na minha listinha, espero acha-lo para comprar e tomara que eu curta a leitura!
    Obrigada pela dica :)

    Beijos :*
    Jess*
    http://www.lovebooks2.com.br

    ResponderExcluir
  7. bem, apesar da 'forçada', certamente eu gostaria de fazer a leitura, pois curto demais a escrita de King e fiquei curiosa em como ele coloca na trama essa rebeldia desmedida por parte dos personagens... e pretendo ler a bio dele publicada pela DarkSide tbm...
    pena ser difícil de achar, mas tentarei em sebos, quem sabe dou sorte???
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor.
    Achei mais legais suas curiosidades sobre o autor e o livro do que propriamente sobre o enredo. Legal saber que o King se arrependeu de fazer certa apologia ao uso de armas com esse livro e fiquei curiosa para entender por que ele o publicou sob um pseudônimo (rs). Enfim, o livro em si não me atraiu, mas as novidades sim (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu sempre vejo as pessoas falando super bem dos livros do Stephen, e não sabia que ele tinha lançado um livro sob um pseudônimo! Eu acho a coisa mais normal do mundo o primeiro livro de um autor ser menos desenvolvido que os outros, mas mesmo assim tenho muita vontade de o ler, mas tenho que ver se vou o achar para comprar rsrs

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler algum livro do King, pois amo o gênero terror/mistério e ele é o mestre do terror!
    Coloquei alguns livros dele na minha listinha de compras futuras, esse como foi o primeiro livro dele e você falou que não é dos melhores eu nem vou me dá trabalho de procurar.
    Espero ver mais resenhas dele por aqui!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  11. King é, com certeza, um dos meus escritores favoritos, já li vários livros dele e gosto pra caramba da maioria. Entretanto, diferente da opinião de muita gente, eu não recomendaria Carrie para alguém que quer começar a leitura do mestre, pois sinceramente o considero um dos piorzinhos que já li, rs. Acho que eu recomendaria Misery, que é um livro bem dinâmico (apesar da proposta) e curto, ou até mesmo o primeiro d'A Torre Negra, O Pistoleiro (que muitos criticam por ter uma escrita imatura também, tendo sido escrito no início da carreira dele, mas eu gosto muito).

    Abraços. :)
    http://controleliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olha eu nunca li nada do autor, mas eu achei bem interessante esse livro falando sobre ele sabe? Eu vi acho que uma outra pessoa resenhando um livro dele falando da vida dele também. Mas não lembro agora o nome. Achei bem legal, porque você acaba conhecendo ainda melhor a vida e tudo. Mas seilá sabe...Eu não li os livros dele até hoje porque eu não gosto de terror, mas para conhecer a vida dele eu acho que leria, porque acho interessante a história por trás de cada autor.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-filha.html

    ResponderExcluir
  13. Não li muito livros do King ainda, e acho válida sua dica de começar por outros, mas confesso que fiquei curiosa para conhecer um dos seus primeiros trabalhos. O que você disse que ele escreveu em uma época que estava revoltado me interessou mais ainda para entender melhor a trama. Vou querer ler essa obra!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Ola lindona, ainda não li nada do mestre, confesso que a premissa do livro não me chamou atenção devido a situação do protagonista, estou evitando temas como esse, mas fico feliz em saber que ele se arrependeu de escrever sobre esse tema, ainda mais com jovens imitado a arte. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Amoooooooooooooo demais esse homi
    Estou começando minha coleção dele, tenho quatro, apenas.
    Não pretendo ler todos, mas quem sabe né...


    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá querida
    Tenho alguns livros desse autor considerado o mestre do terror, mas ainda não tive tempo de ler. Não conhecia esse livro, mas uma pena que a história é fraca e que o autor não escreveu bem esse livro, mas mesmo assim bate a curiosidade de conhecer, pois afinal é King
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas é uma pena que ele não tenha te conquistado. É ruim quando a gente lê um livro com expectativas altas e ele se mostra fraco, não é mesmo?! Nossa, para o livro ser proibido pelo próprio autor, deve ser mesmo muito violento. Acho que não o leria *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Daniele, eu ainda quero ler todas as obras do autor, mas estou sem tempo no momento então acredito que eu daria prioridade a outras obras dele. Achei a trama do livro bem bacana e criativa, é uma pena que tenha sido muito forçado, mas vamos dar um desconto já que era seu primeiro livro e escrito em uma época nada boa!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  19. Oiii!

    Eu nunca li nada do autor por motivos de medo! hahahah Eu sou muito medrosa, não consigo assistir filmes e as vezes pego um livro ou outro, mas sempre acho que as histórias dele são mais pesadas do que eu estou acostumada.
    Acredito que essa obra ficou mais "revoltada" e pelo o que você falou o autor se deixou influenciar muito na obra. Gostei da sua sinceridade.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Olá... conheço o King pelos filmes que foram lançados de adaptação de seus livros e gosto de todos que assisti... eu sinceramente sou louca para ler Carrie, O Iluminado, Misery e alguns mais que não lembro o nome no momento rs... eu imagino que nem sempre os primeiros livros são os melhores que os autores escrevem... as vezes porque eles se encontram em um momento como no caso dele, em um tipo de revolta e você quer falar a sua maneira sobre isso... na época para ele, era essencial que o livro fosse publicado, mas as vem o amadurecimento que nos faz pensar em algumas questões e ele mesmo tomou essa decisão... pelo que contou do livro eu já sabia, porque li uma entrevista que ele falou deste livro. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Achei esse livro bem interessante por ele ter sido o primeiro do autor, e muito obrigado por ter explicado isso no começo da resenha, despertou bastante meu interesse. Como você disse na resenha, a escrita é fraca, mas da mesma forma, vou anotar esse livro!

    Abraços, Heitor Botti
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/novidades-de-janeiro-josy-stoque.html

    ResponderExcluir
  22. Oiii
    Entendi bem? O livro foi proibido?
    Acho que leria por causa disso kkkkkk
    EU não li nenhuma obra do autor. Sempre vejo as pessoas comentando sobre eles,mas nunca tive o interesse de procurar as obras,até por que as que vi,eram muito caras.
    Sua resenha,me fez querer ler o livro,ainda mais ele sendo o primeiro do autor e se eu gostar,poderia ler os outros e acompanhar as mudanças de cada um.
    Obrigada pela dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Hello I'am Chris !
    I suggest you to publicize your blog by registering on the "directory international blogspot"
    The "directory" is 30 million visits, 199 Country in the World! and more than 22,000 blogs. Come join us, registration is free, we only ask that you follow our blog
    You Have A Wonderful Blog Which I Consider To Be Registered In International Blog Dictionary. You Will Represent Your Country
    Please Visit The Following Link And Comment Your Blog Name
    Blog Url
    Location Of Your Country Operating In Comment Session Which Will Be Added In Your Country List
    On the right side, in the "green list", you will find all the countries and if you click them, you will find the names of blogs from that Country.
    Imperative to follow our blog to validate your registration.Thank you for your understanding
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
    Happy Blogging
    i followed your blog, please follow back
    Best Regards
    Chris
    ++++++++++++++

    Hola Soy Chris!
    Le sugiero que para dar a conocer tu blog Al registrarse en el "blogspot Internacional directorio"
    El "directorio" es de 30 millones de visitas, 199 países del mundo! y más de 22.000 blogs. Ven y únete a nosotros, la inscripción es gratuita, sólo pedimos que siga nuestro blog
    Tienes un blog maravilloso que considero estar registrado en Diccionario Internacional Blog. Usted representará su país
    Por favor visite el siguiente enlace y cómo su Blog Nombre
    Blog Url
    Alquiler de su país ¿Cómo Sesión operativo en el que se agregará en la lista de País
    En el lado derecho, en la "lista verde", encontrará todos los países, y si hace clic en ellos, se encuentran los nombres de los blogs de ese país.
    Imperativo para seguir nuestro blog para validar su registration.Thank por su comprensión
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
    Blogging feliz
    Gracias por Siguiendo Mi Blog - que es muy apreciada! O)
    Seguí a tu blog, por favor, siga de nuevo
    Atentamente
    Chris

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Um livro fraco e forçado? É uma leitura que eu, com certeza, não gostaria de fazer.
    É um balde de água fria ver alguém falar isso de um livro do King, mas eu conheço a capacidade do autor e espero que os outros livros que eu vier a ler dele não me decepcionem.
    Apesar de você não ter gostado da leitura, gostei muito da sua resenha.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem??

    Eu ainda não li nenhum livro dele... Mas tenho muito interesse, vou seguir o seu conselho e não irei começar por esse. Realmente, perece que os personagens são bem reais e com um piscicologico muito forte! Gostei bastante do enredo... E mesmo você não tendo gostado muito, achei que sua resenha ficou muito legal e transmitiu bem as suas opiniões

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Nunca li nada do autor e provavelmente irei começar lendo os mais recentes dele por serem mais fáceis de encontrar. Gostei da sua resenha, mas essa não é uma sinopse que me atrai apesar de ser um drama, e eu amo dramas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Que pena que a leitura não foi favorável. Eu sempre tive vontade de conhecer o trabalho de autor e atualmente estou lendo Sob a Redoma e adorando! Falta umas 100 pgs para eu terminar e se mantiver o nível, o que eu acho que acontecerá, com certeza lerei outras obras do King, exceto Fúria, que não farei muita questão, rs.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  28. Olá!!

    Eu gosto muito de King, e quero ler esse livro ainda.
    Não sei, só lendo para formar uma opinião, mas o que me encanta nele é a forma de se expressar atrás de coisas muito bizarras e ilógicas, dificilmente você não se assusta com algo em seus livros.
    Enfim, vale a pena, é sempre gratificante acompanhar a evolução dos nossos ídolos!

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Eu gosto bastante do King, mas não sou fã absurda de todos os livros dele que já li. "Fúria" é um livro que não desperta muito o meu interesse e com a questão de ser de difícil acesso acabo prolongando e trocando pela leitura dos livros que foram lançados mais recentemente. Ainda mais pela questão de o livro ser forçado, foi ainda mais desanimador ler isso. Acho que continuarei adiando a leitura por um bom tempo.

    Beijos,
    Andy!

    ResponderExcluir