segunda-feira, fevereiro 1

(Dicas) #13 O Primeiro Livro de um Autor Popular

Olá pessoal, já conseguiram descobrir qual foi o primeiro livro que seu autor favorito lançou?

É eu sei sei que o desafio fala de um Autor Popular, mas o que seria isso, a popularidade é muito efêmera, do mesmo jeito que na época de Crepúsculo todos falavam só disso depois veio Jogos Vorazes e não se falou mais do outro, essas autoras deixaram de ser popular? Eu acho que não, então mudei um pouco o nome do desafio permitindo a todos escolherem os primeiros livros de seus autores favoritos e descobrirem  como era sua escrita no começo de suas carreiras, e notar seu amadurecimento.

Agora preparei a famosa listinha de dicas, tem muito autor que eu gosto, então acrescente ai nos comentários autores que você gostariam de conhecer as primeiras publicações:



Charle Dickens - As Aventuras do Sr. Pickwick, 1836
O primeiro autor popular que escolhi é um clássico, eu cresci ouvindo falar de seus livros Oliver Twist, David Coperfild, Um Conto de Natal entre outros, então na minha opinião ele é um um autor super popular.

Sinopse
As aventuras do Sr. Pickwick apresenta, em ritmo picaresco, as peripécias das personagens chaplinianas de um certo Clube Pickwick, cujo objetivo é investigar a vida na capital inglesa - resultando numa sátira ao cientificismo do século XIX. Ao mesmo tempo, o primeiro romance de Charles Dickens é um retrato comovente e humorístico da sociedade de seu tempo, com aquela objetividade que só a ficção pode conquistar.

Aghata Christie - O Misterioso Caso de Style, 1920
Todos já sabem que sou louca por essa mulher, ela foi muito popular com seus romances de mistério, e continua até hoje.

Sinopse
Quando Mr. Hastings encontra seu velho conhecido John Cavendish casualmente e aceita seu convite para passar uma temporada na enorme e isolada casa de campo de Styles, não imagina a misteriosa trama que o espera. Mrs. Emily Inglethorp, madrasta de John e Laurence Cavendish, herdou a propriedade de seu marido e tem todo o controle sobre patrimônio da família. Seu segundo marido é Alfred Inglethorp, vinte anos mais novo, cujo passado é nebuloso, o que causa enorme apreensão nos filhos de Mrs. Emily e nos demais moradores de Styles. A tensão na propriedade chega ao limite quando Mrs. Emily é encontrada trancada em seu quarto nos últimos estertores e morre com o nome de seu marido nos lábios.
Morte natural ou envenenamento? Quem além de seu marido teria interesse em sua morte? Como ela pode ter sido envenenada? Para responder a todas essas perguntas, Mr. Hastings, velho amigo de Hercule Poirot, pede autorização à família para chamar o excêntrico detetive belga. O astuto e simpático detetive analisa as evidências, entrevista testemunhas e o leitor vai seguindo seus passos a partir da envolvente narração de Mr. Hastings. E a ele fica o desafio: diante de provas desconexas, testemunhos duvidosos e inúmeras reviravoltas, como o sagaz Poirot irá desvendar esta imbricada trama onde ninguém é exatamente o que parece?
Neste que é o primeiro romance escrito por Agatha Christie, já estão presentes as marcas que a tornarão a maior escritora de suspense de todos os tempos: o mais famoso detetive, as personagens extremamente bem caracterizadas, a trama em que todos são suspeitos e o final estarrecedor, com todas as personagens reunidas – final que foi alterado pelo primeiro editor e aparece restaurado nessa versão.

Stephen King - Carrie, 1974
King é outro campeão de audiência, sempre que está para sair qualquer coisa dele começa aquele burburinho, aqui também mostro o primeiro livro dele que foi publicado.

Carrie, a estranha narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente.
Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos.

Nora Roberts - Alma em chamas, 1981
Sempre vejo nos blogs das meninas que não deixam passar um romance,que a Nora é quase uma unanimidade, um verdadeira Diva, e ela já começou com uma trilogia chamada Corações Irlandeses, e esse é o primeiro livro dessa trilogia os outros são: O Mistério de Uma Flor e Coração Rebelde.

Na fazenda Campos Reais, Travis Grant reinava absoluto, senhor das terras e dos animais. Quando aceitou trabalhar para ele, Adélia Devlin pela primeira vez se sentiu mulher, e conheceu a emoção do amor, dominando-a com uma intensidade que crescia à medida que ia se aproximando mais dele.
Não tardou a se apaixonar por aquele homem másculo e poderoso, que ora a tratava com crueldade, falando e agindo como um senhor de escravos, ora a beijava com paixão, prendendo-a em seus braços fortes como aço. Adélia sabia que não podia alimentar esse amor em seu coração, pois não passava de uma empregada ingênua e bonita, que só lhe despertara o desejo!

Anne Rice - Entrevista com o Vampiro, 1976
Outra grande diva, popularizou o Vampiro de um jeito que até hoje vemos suas criaturas seduzindo mocinhas em romances alheios por aí, e esse é justamente sua entrada triunfal no mundo dos escritores.

Sinopse
O tempo é agora.
Estamos em uma pequena sala, face a face com o Vampiro, enquanto ele despeja a carga repugnante, erótica e mágica das confissões sobre os primeiros 200 anos de sua existência de morto-vivo.
Ele fala com simplicidade, tranquila e delicadamente, da noite em que, sendo ainda herdeiro - jovem, educado e romântico - de uma grande fazenda na Louisiana, deixou a existência humana, conduzido pelo brilhante e sinistro Lestat para a outra vida "sem fim"... aprendendo a se saciar, primeiro com o sangue dos galos e ratos capturados nas ruas devassas de Nova Orleans, e , mais tarde, com o sangue de seres humanos...

Augusto Cury - Inteligencia Multifocal, 1998
Escolhi esse autor entre os nacionais, por que escuto falar muito dele em todos os meios, para o bem e para o mal, isso é uma característica de autores popularas, todos tem algo para falar dele não importa o que, ele quase sempre causa reações.

Sinopse
O estereótipo da estética, a moda, a tecnologia, o consumismo e a cotação do dólar e das ações nas bolsas de valores são prioridades da vida moderna que limitam o ser humano a pensar apenas em si mesmo e nos seus afazeres. Vivendo nesse mundo, as pessoas não conseguem aprender a se interiorizar, a trabalhar suas perdas e frustrações e a se colocar no lugar do outro e perceber suas dores e necessidades psicossociais. Inteligência Multifocal é um livro que caminha na contramão desse mundo, apresentando mais de trinta elementos essenciais para a formação da inteligência humana. Baseada na filosofia e na psicologia, a nova teoria sobre o funcionamento da mente promove a formação do homem como pensador e engenheiro de ideias.

E para vocês, o que é um autor popular? Seria um autor modinha, ou um autor que sempre está lançando um sucesso, existe uma vertente que diz que popular e o contrário do clássico? Então com tantas definições que tal ler a primeira obra do seu autor preferido, vocês sabem qual é? Que tal procurar, e depois comentar aqui com a gente o//

21 comentários:

  1. Oi, adorei o post, esse projeto parece ser bem legal, permitindo conhecer mais dos autores que gostamos e suas obras.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem autores que é difícil achar o seu lançamento heim! Mas a pesquisa foi bem interessante, descobrimos várias curiosidades, algumas bem engraçadas,=D

      Excluir
  2. Que legal as dicas.
    No lugar do livro que escolheu da Agatha eu teria coloco Assassinato no Expresso do Oriente, acho ele mais leve e simples.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Helana! Ah Assassinato no Expresso do Oriente é realmente muito bom! Um clássico dela, mas como a dica era o primeiro livro lançado dela autora colocamos O Misterioso Caso de Style, ainda não li esse, acho que a Dani pode falar melhor sobre a obra o/

      Excluir
  3. U-A-U!

    Adorei as dicas! Show!
    Saiu do contexto convencional e nos mostrou excelentes livros!
    Adoreeeei! <3

    Beijos!
    Danny
    http://www.irmaoslivreiros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Daniel, é uma pena que muitos desses primeiros livros nem cheguem ao Brasil. Procurei por alguns autores que gosto e não consegui encontrar, uma pena =/

      Excluir
  4. Gostei demais do seu post. Preciso fazer isso pra me informar mais sobre obras e escritores. Eu não tenho um escritor favorito, tenho livros favoritos, mas com certeza seguirei sua dica!

    Beijos.
    http://dialetica-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muitos autores ultimamente lançando ótimos livros já na estréia, mas isso não quer dizer que não possam amadurecer na escrita, como o "gênios" Stephen King entre outros o/

      Excluir
  5. Olá
    ADOREI o post, muito animado e diferente, parabéns pelo projeto.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio! Estamos adorando esse desafio, é uma boa forma de sair da nossa zona de conforto e incentivar a ler mais =D

      Excluir
  6. Olá!

    Parabéns pela originalidade do post! Minha favorita é, disparada, Isabel Allende. Eu nunca parei pra ver qual o primeiro que ela escreveu (pesquisei e o primeiro foi A Casa dos Espíritos, de 1982). Pra mim, popular é o que sempre está na mídia, é o atemporal. O modinha é passageiro, hoje tá na mídia e amanhã não se sabe. O popular se reinventa, não para no tempo. Pode reparar, os populares que você citou escreveram muito e de tudo um pouco. É o que penso.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kamila.
      Também acho que o popular seja atemporal, sabe.
      Que legal que A Casa dos Espiritos seja o primeiro livro da Isabel Allende, foi o primeiro e o único que li dela, e morro de vontade de conhecer mais obros dela.
      Amei que você tenha pesquisado a primeira obra dela, é isso que gostariamos com os desafios instigar as pessoas a procurarem algo diferente .
      Beijos

      Excluir
  7. Oi moça perfeita!
    Primeiramente, gostaríamos de parabenizar pelo blog fantástico, amamos todas as postagens, nos servem de inspiração para nosso blog.
    Segundamente, será que poderia nos seguir para ajudar nosso blog, já que ele não chega nem perto de famoso, rsrs?
    Gratas pela atenção, muito sucesso e abraços! <3
    http://particulasinfinitas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi...

    Caramba, adorei esse post!!!! tem umas aí que eu jamais imaginava! Carrie??? Jura??? e o da Nora, nem imaginava também...hehe

    ameis saber mais...

    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Nora DIVA e RAINHA dos romances. Eu leio Nora Roberts desde meus 15 anos e ela escreve tanto que nem sabia sobre esse livro.
    Gostei do post e de saber quais são os primeiros livros desses autores maravilhosos. Não sabia que Carrie era o primeiro do King.
    Minha autora favorita e maravilhosa é Jane Austen.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  10. Nossa eu amo King , tenho quase todos os livros dele, mas nunca tinha parado para descobrir qual foi o primeiro livro que ele escreveu. E descobri no seu post!
    Que legal isso... É sempre bom conhecer mais dos autores que amamos.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Uma das primeiras publicações que gostaria de conhecer é sobre o livro da Nora Roberts que você citou. Inclusive essa edição é muito dificil de se conseguir, rs. Gostei muito desse post, pois alguns dos livros eu não conhecia \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  12. Hello! Tudo bem?

    Eu não sou mto de ler classicos, conheço a fala do Charle Dickens e da Aghata Christie, mas nunca li nada deles.
    Morro de medo dos livros do Stephen King, pode ser preconceito, mas evito mesmo, quero dormir em paz.
    Nora Roberts eu amooo!! Tenho livros dela que nao cabem mais haha.
    Entrevista com o Vampiro eu nunca li, mas animo de conhecer.
    Beijos!

    LIVROS E SUSHI - https://livrosesushi.wordpress.com


    ResponderExcluir
  13. Você escolheu autores ótimos para mostrar as primeiras obras. Charles Dickens é um autor que me marcou muito, embora não tenha lido o livro que você mencionou. Lia muito Aghata Christie na minha adolescência, por influência do meu pai. E king, hein! Como não amar? Adorei o seu post!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  14. Oi Adorei esse desafio! Sou super fã de Anne Rice! Acho que eu sou a louca dos desafios, estou participando de vários e já quero participar desse kkkkk
    Beijos!

    www.eicarolleia.com.br

    ResponderExcluir
  15. Adorei suas dicas, eu nunca parei para pesquisar sobre qual foi o primeiro livro publicado por meus escritores favoritos, agora vou atrás.
    Beijos:*

    ResponderExcluir