segunda-feira, maio 15

(Resenha) #34 A Garota da Capa Vermelha

Título: A Garota da Capa Vermelha
Autor: Sarah Blakley-Cartwright
Série: Escola Noturna 1
Gênero: Y.A, Fantasia, Aventura

Desafio #34 Livro com Cor no Título 

Olá meus amores, nosso desafio pediu uma Cor no Título e eu não pensei duas vezes e pegue esse livro porque 1 gostei do filme mesmo sendo bobinho, e 2 sou fã da chapeuzinho, me julguem rsrs. Vamos saber como foi minha aventura?
Era a primeira coisa que se sentia ao passar pela cumeeira: medo. Daggorhorn era uma aldeia repleta de pessoas com medo; pessoas que se sentiam inseguras mesmo em suas camas, vulneráveis a cada passo e expostas a cada esquina

O livro nos apresenta o vilarejo de Daggorhorn, que é amaldiçoado por uma criatura monstruosa que exige sacrifícios a cada lua cheia, a história começa com a pequena Valerie tendo duas perdas muito próxima uma da outra, a primeira é seu grande amigo Peter que vai embora da cidade, e sua cabritinha de estimação é dada ao Lobo, esse é seu primeiro contato com a Fera.

Depois disso a história dá um salto no tempo e temos uma Valerie de 17 anos, junto com sua irmã e amigas todas com fogo nas periquitas porque vão acampar na floresta e está cheio de garotos de outros vilarejos todos participando de uma grande colheita, elas trabalham o dia inteiro mas ainda estão dispostas a se aventurarem durante a noite. Valerie não estava ligando muito para isso, até ela ver o lindo e misterioso rapaz de preto que ela reconhece como seu "Peter" e é claro que ela fica muito animada. Mas no fim daquele dia a Fera resolve atacar, mas como assim se a Lua Cheia terminou no dia anterior, olhando para o céu nosso aterrorizados cidadãos descobre que é Lua Sangrenta, que no livro é um segundo período de Lua Cheia, mas desta vez vermelha, que vai durar alguns dias e nesse período, que acontece de 15 em 15 anos, o lobisomem tem pode passar sua maldição para outra pessoa.

Bom um ataque acontece e uma das mocinhas morrem, isso é o suficiente para o pânico invadir o vilarejo, os homens se armam de tochas e vão tentar matar a fera em seu covil, os que perdem seus parentes ficam com o famoso luto nervosinho, uma caça as bruxas tem inicio, um grupo de 'Caçadores de Lobisomens Profissionais' é chamado, e em meio a tudo isso um triangulo amoroso se desenvolve entre Valerie (a chapelzinho) Peter, o misterioso rapaz (que todo mundo conhece), Henry e o respeitado (e desejado) filho do ferreiro.
(...)Valerie sentiu que ele saboreava a vingança. Ele osalertara; eles optaram por não ouvir, e agora pagavam o preço. Valerie sabia que era bom estar certo, mesmo a respeito de coisas que você preferiria estar errado
Opa depois de leituras arrastadas, ou que prometem uma coisa e entregam outra até que em fim uma história honesta, assim como o filme ela é bobinha com um pouquinho de boa vontade temos as criticas sociais de sempre, sobre liberdade, escolha, amor, mas o negócio aqui é entretenimento puro, só desligue seu cérebro e aceite que nessa época garotas de 17 anos ainda eram garotas (a verdade é que ela já estaria com no minimo uns dois filhos agarrados ao seu vestido) também esqueçamos que a neve e o frio intenso só aparece quando é conveniente ao roteiro, entre outras coisinha, o livro nos dá umas boas horas de diversão, e era isso que eu estava precisando.

Quando vi esse livro achei que fosse ele que tinha dado origem ao filme, mas não, na verdade ele é uma romantização do filme, acho que é por isso que ele tem uma linguagem mais simples e clara, a autora também floreou um pouco os pensamentos de nossa protagonista, mas não foi muito alem disso, eu acho que o que realmente me segurou e me fez ler o livro super rápido foi não lembra quem era o Lobo XD

Mas em fim, indico o livro para todos que queiram uma trama divertida, não estejam exigentes, e queiram somente dar uma relaxada entre leituras.

16 comentários:

  1. Confesso que eu criei mais expectativas pra esse livro e acabou sendo frustrante. Achei algumas coisas bem rasas e não instigava a leitura.

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse livro, mas preferi ele em filme! hahahahah Alguns livros eu prefiro ver que ler!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oiii Daniele tudo bem?
    Eu tenho bastante vontade de ler esse livro, no caso eu já assisti ao filme e amei <3 eu já vi muito comentário negativo a respeito dessa obra, quem sabe futuramente seja o momento de ler.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Só de ver o filme eu sabia que pra mim não valeria a leitura. Sou dessas que quando acha que o livro não é lá essas coisas prefere ver o filme para ver o que vai achar e na maioria das vezes dá certo, nunca consegui achar o livro melhor nessas situações, então atualmente nem leio mais, só vejo mesmo, quando estou com esse dilema de ler ou não o livro.
    Enfim, gostei bastante do filme é legalzinho e para por aí - como já deu pra perceber dificilmente leria o livro, mas é valida a sua dica :)

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Já assisti ao filme e gostei bastante. Não sabia que tinha o livro, fiquei curiosa para conhecer, mesmo tendo sido baseado no filme, e não contrário, acho que seria uma leitura interessante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não assisti o filme e nem li o livro, mas fiquei bem curiosa ao ler a resenha! Quero ver o filme primeiro!!
    Beijos,
    Cidália.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Daniele
    Já vi o filme, mas não tenho muita vontade de ler o livro. E também pensei que era uma adaptação, e não que o livro veio depois. Na verdade estou sabendo agora rs.
    Não sou lá muito exigente e imagino que o livro é mesmo leve e simples, mas acho que se fosse ler, só futuramente.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Já assisti o filme, confesso que odiei kkkk
    Não acredito que a obra fosse me agradar, pois livros sempre tem mais detalhes e achei a história beem entediante... sendo assim, vou passar a dica

    ResponderExcluir
  9. Ahhhh...tb achei que seria igual ao filme!
    A capa ficou bem legal, chama bem a atenção, mas acho que dessa vez vou deixar passar.
    Prefiro ver o filme mesmo e ja gostei tanto, que nao quero falar mal do livro depois, hehe.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu também achei a história meio bobinha hahaha. Nem sabia da existência do livro... Esse lance de lobisomens e triangulos amorosos não me agradam muito, então acho que não leria :/

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  11. oi Dani, vou ser bem sincera, gostei da forma como vc escreveu a sua resenha, mas não curti o enredo desse livro não. Sei que tem muitos livros por ai que fizeram adaptação das histórias para hj em dia, mas esse não me chamou muita atenção não.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!

    Eu também achei a obra era inspiração do filme. Não tenho muita curiosidade em ler o livro.
    Gostei bastante da sua resenha e da sua sinceridade ao relatar o que achou da obra.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Não conhecia a obra, mas não me chamou tanto a atenção, esse gênero dificilmente me prende. Gostei dessa capa e já quero ver sua ilustração.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Dani!
    Já tinha lido resenhas sobre esse livro, lembro que na época queria muito eles, mas as pontuações baixas sempre me desanimavam e sinceramente, nem sei se quero ler algum dia. No entanto, acho que vou dar uma conferida, vá que eu goste.

    ResponderExcluir
  15. Não é muito meu gênero mas fiquei super curiosa, já vi o filme é gostei bastante! Vou tentar ler, vai que eu curto sair da minha zona conforto! Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Acho o filme bem legal mas nunca me interessei por ler o livro, justamente por saber que ele é uma romantização do filme e por eu já ter tido experiências desagradáveis com livros assim. Pra quem não se importa com isso, parece mesmo ser uma boa forma de passar o tempo.
    Beijos!

    ResponderExcluir